Os transgênicos são produzidos pela modificação genética. A modificação genética ou transgenia, também conhecida como engenharia genética, é uma técnica de biotecnologia que foi introduzida em 1973.

Na transgenia, seqüências do código genético são removidos de um ou mais organismos e inseridos em outro organismo, de espécie diferente. A principal implicação da transgenia é a quebra da barreira sexual entre diferentes espécies, permitindo cruzamentos impossíveis de ocorrerem naturalmente, como entre uma planta e um animal, uma bactéria e um vírus, um animal e um inseto. A inserção de genes exóticos em uma planta, por exemplo, pode resultar em efeitos imprevisíveis em seus processos bioquímicos e metabólicos.

Principal responsável pela produção e pesquisa de alimentos transgênicos no Brasil, a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) é uma usina de biotecnologia que desenvolve projetos em todos os Estados brasileiros. A Embrapa é detentora de 85 patentes no Brasil e 22 no exterior.

Vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a empresa foi criada em 26 de abril de 1973. Operando com 8.530 empregados a Embrapa conta com um orçamento de R$ 660 milhões anuais, distribuídos em suas diversas áreas.

A empresa tem uma série de acordos e parcerias, para a pesquisa de sementes geneticamente modificadas de soja, milho, algodão e batata, com empresas peso-pesado como a Monsanto (sua principal parceira), a AgrEvo, a Cyanamid e a Rhône-Poulenc.

Palavras relacionadas a este artigo:
  • como são produzidos os alimentos transgênicos
  • como são produzidos os transgênicos
  • como sao feitos os alimentos transgenicos
  • transgênicos como sao produzidos
  • alimentos transgenicos como sao produzidos