Beisebol – História, Regras e Curiosidades

Beisebol

regras do beisebol, história do beisebol

O beisebol é um esporte disputado por duas equipes que ocupam alternadamente as posições de ataque e defesa. O nome vem do inglês ‘baseball’. É um esporte muito popular em alguns países da América Central, no Japão e nos Estados Unidos, onde a modalidade é uma das que atrai mais torcedores.

Origem do esporte:

Uma comissão especial reuniu-se em 1907 nos Estados Unidos da América para determinar a verdadeira data de nascimento do Beisebol. Um ano depois, ela concluiu que Abner Doubleday inventou o jogo na cidade de Cooperstown, no estado de Nova Iorque, em 1839. Historiadores desportivos colocaram em dúvida essa decisão, relatando que na Inglaterra de 1700 existia um jogo chamado rounders que funcionava com um conjunto regras em vários aspectos semelhantes às do Beisebol, jogo este que terá sido levado para os Estados Unidos pelos colonos ingleses, sendo aí praticado a partir de meados do século XVIII.

Em 1992, o Beisebol, após várias participações como modalidade de demonstração, assume pela primeira vez o estatuto olímpico, nos Jogos de Barcelona em 1992. Cuba vence e a equipe americana, composta de jogadores universitários, fica apenas com o bronze. Em 2000, houve a primeira participação de jogadores profissionais de Beisebol nos Jogos Olímpicos, em Sydney. A equipa americana ganha a medalha de ouro vencendo Cuba na final.

Beisebol no Brasil:

Apesar de ser chamado esporte de japoneses, o Beisebol foi trazido ao Brasil, a partir de 1850, por norte-americanos que trabalhavam em empresas como Light, Frigorífico Armour e funcionários do consulado dos Estados Unidos da América. Relatos afirmam que as partidas de organizadas pelo Mackenzie College, em 1910 atraiam mais público que os jogos de Futebol. Diversas equipes de Beisebol surgiram entre os anos 1910 e 1920, todas ligadas a agremiações de funcionários de empresas norte-americanas.

O impacto da vinda dos imigrantes japoneses foi grande, transformando os anos de 1925 a 1938 a primeira “era de ouro” do beisebol nacional. Com a eclosão da Segunda Guerra Mundial e a proibição de reunião pública e uso de língua e costumes por parte dos imigrantes oriundos dos países do Eixo pró-fascismo, o beisebol teve um intervalo até 24 de setembro de 1946 com a fundação da Federação Paulista de Beisebol.

Entre os anos 1960 e 1970 seleções de países como Japão, EUA, Itália, Panamá e Venezuela visitaram o país, que impulsionado por times semiprofissionais bancados por empresas de origem japonesa no Brasil, ampliaram a prática do beisebol.

A falta de cobertura da mídia por considerar o Beisebol um esporte de colônia e a perda de patrocínio das equipes semi-profissionais no fim dos anos 1970 e 1980 (a coincidir com a crise económica no País) diminuíram o número de praticantes adultos no esporte, que por falta de incentivo interromperam carreiras como jogadores para trabalhar.

Este cenário ainda hoje repete-se com a diferença de que muitos jogadores tentam sua sorte nas ligas profissionais do Japão e dos EUA em busca de dinheiro e maior sucesso. Porém, nas categorias de base, o Brasil tem apresentado bons resultados.

Os brasileiros conquistaram dois títulos mundiais: o da categoria infantil (até onze anos), em 1990, no Japão, e o de juniores (quinze e dezesseis anos), em Londrina, Paraná, no ano de 1993.

Os principais estádios de Beisebol do Brasil ficam em Londrina (Estádio Takeshi Sugeta) e em São Paulo (Estádio Mie Nishi). O Estádio Mie Nishi têm capacidade para 2.500 pessoas. O Estádio de Londrina pode receber o dobro de público.

A bola:

A vida útil de uma bola de beisebol, em média, numa partida profissional é de sete lançamentos. Nos campeonatos oficiais dos Estados Unidos, são utilizadas 600 mil bolas por ano.

O taco:

O taco tem formato cilíndrico e pode ser feito de alumínio (amadores) ou madeira (profissionais).

Um taco pesa entre 850 gramas e um quilo, tem tamanho máximo de 1,06 metros (o tamanho padrão é 81,3 e 81,9 cm) e diâmetro de sete centímetros na extremidade mais grossa.

Regras:

Cada equipe ataca e defende alternadamente. A equipe que defende entra em campo com nove jogadores. A que ataca, logo de início, conta com apenas um, o rebatedor. Todos os jogadores da equipa atuam como batedores numa seqüência estabelecida pelo técnico antes do início da partida.

A partida é disputada em nove entradas (innings). Uma entrada é formada por um turno de ataque e um de defesa, para cada equipe. A equipe visitante tem o direito de começar o ataque. A mudança acontece quando a equipe que está defendendo consegue eliminar três atacantes adversários (batedores e/ou corredores).

Não existem empates. Se ao final das nove entradas o jogo estiver empatado, entradas extras vão sendo acrescentados até o desempate.

Se o batedor não conseguir completar as quatro bases na mesma jogada, ele para naquela que tiver alcançado e um novo batedor entra na partida. O batedor anterior é agora chamado de corredor e continua na tentativa de completar as bases.

Uma equipe consegue anotar uma corrida quando um corredor consegue percorrer as quatro bases. A corrida para as bases começa logo quando o batedor devolve a bola arremessada pelo arremessador (pitcher) dentro da área de jogo. O batedor corre até que um defensor consiga devolver a bola para algum de seus companheiros que ficam posicionados junto as bases.

Também se anota uma corrida quando o batedor manda a bola, de forma válida, para fora do campo de jogo (home run). Se houver corredores em base, eles também anotam.

Um batedor é eliminado quando o arremessador lança três bolas válidas e ele não as consegue bater. Strike é o arremesso que chega ao batedor no espaço entre o joelho e as axilas, com uma largura de 48,18 centímetros, formando assim um retângulo imaginário chamado de zona de strike. Quatro bolas fora da zona, ou uma bola que atinge o batedor, colocam o batedor automaticamente na primeira base (conhecido por ‘walk’)

O batedor também é eliminado quando: um dos defensores pega a bola batida antes que ela caia no chão; quando os defensores conseguem chegar à base em disputa com a bola, antes do atacante; ou quando um defensor toca o atacante com a bola antes que ele alcance uma base.

Um corredor nas bases é eliminado quando: uma bola batida o atinge; quando, deixando sua base, a bola batida é pegada antes de cair ao chão, e os defensores conseguem chegar à mesma base com a bola antes que o corredor volte.

Alguns termos:

Home run é o nome da jogada em que o batedor bate a bola para fora dos limites do campo e consegue completar as quatro bases na mesma jogada.

Called game é quando o jogo termina se a diferença for de quinze corridas na quinta entrada ou de dez pontos na sétima entrada.

Palavras relacionadas a este artigo:
  • história do beisebol
  • yhs-yhs_001
  • quem criou o beisebol
  • Curiosidades do beisebol
  • história do basebol