Cachorro fedido: dicas para diminuir o cheiro ruim do seu cãoNão há nada pior que um cachorro fedido, e se você acha que seu cachorro é fedorento, tenha certeza que as suas visitas também acham. Então, faça um favor a todo mundo e resolva essa questão, para que você possa desfrutar da companhia de seu pet sem contaminar a casa inteira.

O cheiro de um cão é como um cartão de identidade para eles. Diz aos outros cães quem ele é, e provavelmente muitas outras coisas, como seu sexo, por onde vive, e também o humor. O olfato dos cachorros é muito mais sensível do que o do ser humano; um cachorro tem mais de 220 milhões de receptores olfativos em seu nariz, enquanto os humanos têm apenas 5 milhões.

Existem muitas razões pelas quais seu cão pode cheirar mal; e a maioria dos odores são, na verdade, devido a fatores fora de seu controle:

Rolagem – para nós humanos isso é um horror, mas os cães gostam de rolar em substâncias desagradáveis, e que ficará impregnado na pele do cachorro. Na praia, por exemplo, ele pode rolar sobre algas, peixes mortos ou aves marinhas mortas. No campo, é mais provável de ser no esterco! Isso mesmo! Não é difícil correrem para rolar sobre excrementos bovinos. Se seu cão é um rolador, a principal precaução que você pode tomar é a de ficar atento com a presença dessas ‘tentações’. E estar preparado para dar banho regularmente no seu cachorro malandro.

Excesso de pêlos – raças com pelos longos e densos muitas vezes se tornam sujos com urina ou fezes. E algumas raças de cães têm excesso de pele e de dobras, como o sharpei. Essas áreas úmidas permitem infecções bacterianas ou fúngicas que se tornam a fonte de um odor típico nos cachorros.

Há também as condições de saúde que podem ocorrer nos cães e desenvolver um cheiro forte. Esses fatores de mau cheiro precisam ser tratados por um médico veterinário:

Mau hálito é frequentemente um sinal de doença dental. A cárie dentária, gengivas infectadas, um abcesso dentário ou um corpo estranho, como osso ou um pedaço de madeira que está presa na boca, podem causar halitose. Seu veterinário pode verificar se há acúmulo de placa bacteriana e cáries dentárias. Para prevenir a doença dental utilize ração de boa qualidade, e não o alimente com sobras de comida preparada para humanos.

As infecções de ouvido podem gerar um cheiro muito ruim. Ao contrário dos humanos, os cães não podem drenar a água de seus ouvidos após nadar devido a um longo canal auditivo com um giro de 45 graus. Cachorros com orelhas caidas como o Cocker Spaniel e o Basset Hound têm limitado o fluxo de ar para secar o ouvido; e umidade é fator perfeito para crescimento de bactérias e fungos.  Infecções do ouvido podem ser bem dolorosas e devem ser tratada pelo seu médico veterinário o mais rapidamente possível.

Seborréia é uma doença em que a epiderme (camada externa da pele), as glândulas sebáceas e folículos pilosos são mais produtivas, criando flocos de pele seca ou secreção excessiva de sebo. Os cães afetados geralmente tem pele com mau cheiro, especialmente nas dobras do corpo, mau cheiro nos ouvidos com presença de cera.

Glândulas anais: todos os cães têm glândulas anais localizadas em cada lado do ânus. Cada vez que uma das fezes é passado estes secretam uma substância oleosa com um aroma único que é depositado sobre a superfície das fezes principalmente para marcação territorial. Se essas glândulas se tornam impactadas ou infectadas podem liberar a secreção, oleosa e malcheirosa para a pele circundante, resultando em um odor muito forte. Seu veterinário pode mostrar a você como verificar e até mesmo como esvaziar os sacos anais, você pode preferir que o seu veterinário faça esta tarefa desagradável para você.

Pele infectada: uma causa comum se cheiro ruim no seu cachorro pode ser uma infecção cutãnea. Este cheiro é uma combinação de bactérias e leveduras, ambos são normalmente encontrados normalmente na pele do seu cão, fazem parte da microbiota da pele. Quando a pele se torna enfraquecida, como em uma alergia, as bactérias e as leveduras sobrepovoam a pele, causando coceira, vermelhidão, e cheiro ruim. Você pode precisar de xampu medicamentoso e de antibióticos.

Sarna sarcóptica é causada por um ácaro que infesta a pele. Os cães com sarna sarcóptica tem um cheiro de mofo característico, e queda de pelos. Cuidado pois esse tipo de sarna contamina os humanos.

Sarna demodécica é causada por um ácaro que vive dentro dos folículos pilosos e glândulas sebáceas. Ela geralmente ocorre pela primeira vez como a perda de pelos ao redor dos olhos e cantos da boca em cães menores de um ano. Ela pode se espalhar para as pernas e tronco dos cães e evoluir para uma forma úmida com um odor fétido.

Para remover o cheiro do ambiente: superfícies macias, como sofás, carpetes, tapetes e sua cama podem prender odores. Polvilhe um pouco de bicarbonato de sódio no sofá ou tapete e deixe durante a noite antes de aspirar pela manhã. Você pode adicionar um pouco de bicarbonato de sódio ou vinagre branco junto com o sabão em pó quando você lavar a roupa de cama e roupinhas dos cães.

Palavras relacionadas a este artigo:
  • como tirar rabujo de cachorro
  • como tirar cheiro de cachorro
  • como tirar mau cheiro de cachorro
  • cachorro fedido
  • cheiro de cachorro