Pressão é a grandeza dada pela intensidade da força aplicada sobre uma superfície, por unidade de área. A unidade de medida da pressão é o Pa (Pascal), que é igual a força (newton) / área (m2).

Contudo, são empregadas várias outras medidas de pressão, como a atmosfera (101325 Pa), o bar (100000 Pa) e o milímetro de mercúrio (mmHg = 133,322 Pa).

A massa é uma propriedade da matéria e, para um determinado volume, depende da natureza da substância, seu estado físico, sua temperatura e da pressão a qual está sendo submetida. Podemos verificar como varia a massa com as diferentes substâncias, medindo a massa da unidade de volume.

Assim, se tomarmos os metais magnésio, alumínio, ferro e chumbo e determinarmos a massa de 1 cm cúbico de cada um deles,, encontramos respectivamente os valores: 1,74 g; 2,7 g; 7,85 g; 11,3 g. Esses valores, característicos de cada um desses metais, e chamados de massa específica, são sempre expressos como uma relação entre massa e volume: g/cm cb , kg/dm cb, etc.

Todos nós vivemos no interior da grossa capa de ar que cobre toda a superfície do nosso planeta: a atmosfera. Se estivermos numa praia, ao nível do mar, a pressão da atmosfera sobre nós será aproximadamente a mesma qua uma coluna de mercúrio, com 76 cm de altura, exerce sobre a sua base.

Essa pressão diminui, porém, quando subimos ao topo de uma montanha, porque naquele ponto há menos quantidade de ar sobre nossas cabeças. A 10000 m de altitude, a pressão atmosférica é muito baixa. Ali há tão pouco ar que não pode-se respirar sem a ajuda de um equipamento de oxigênio. Os aviões que voam a essa altura possuem cabines pressurizadas, que mantém internamente uma pressão atmosférica parecida com a que temos ao nível do mar.

A pressão atmosférica é medida com instrumentos chamados barômetros e é igual a 1 kg/cm2. A água do mar exerce uma pressão, da mesma forma que a atmosfera. Nos pontos mais fundos do oceano a pressão da água atinge várias toneladas por cm2. se mergulhássemos até aquelas profundidades sem uma proteção adequada, seríamos esmagados pela pressão da água.

Como o ar e a água, todos os fluidos exercem pressão. Esse efeito faz funcionar as máquinas hidráulicas. Por exemplo, quando o motorista pisa no pedal do freio, ele empurra um pistão que cria alta pressão num sistema de tubos cheios de óleo. Na extremidade final dos tubos a pressão do óleo movimenta as lonas do freio e faz as rodas do carro parar.

Essa pressão hidráulica é usada também para acionar prensas que exercem pressões de milhares de toneladas, macacos hidráulicos capazes de erguer pesos colossais, ou até mesmo grandes perfuradoras. Na indústria a alta pressão é utilizada em muitos processos de produção, incluindo a refinação do petróleo e a fabricação de objetos de matéria plástica. Na vida diária, usa-se o ar sob pressão para inflar os pneumáticos dos veículos e as bolas dos jogos esportivos.

Palavras relacionadas a este artigo:
  • tipos de pressão
  • quais os tipos de pressão
  • tipos de pressao na fisica