Ar rarefeito

Ar rarefeito é o encontrado em grandes altitudes. Ao nível do mar, o ar é pesado, com uma massa estável de 1 kg por metro cúbico. À medida que subimos, a pressão do ar vai diminuindo. Assim, numa altitude de 3 km, a pressão do ar é de somente 700 g por metro cúbico, causando dificuldade de respiração.

As maiores altitudes em que vive o homem estão a 4 km de altura e os alpinistas que escalam os picos mais altos (de até 9 km de altura), tem que carregar máscaras de oxigênio para suportar o ar bastante rarefeito.

Ar comprimido

O ar pode ser comprimido através de bombas, compressores e outros aparelhos, para várias finalidades. O uso mais comum é encontrado nos pneus. No posto de gasolina ou no borracheiro, uma bomba elétrica chamada “compressor” enche um bujão de ar. Sempre que alguém coloca o bico da mangueira de ar no pneu, o bujão de ar solta o ar comprimido para dentro do pneu.

Depois de um tempo, o compressor volta a carregar o bujão de ar. O ar comprimido serve para manter um carro em movimento. Faz com que o pneu absorva os buracos e segure o carro nas curvas, mantendo a maciez do veículo e o conforto dos passageiros.

O ar comprimido também pode ser usado para pistolas de pintura, enchimento de balões, pulverização de agrotóxicos (remédios contra doenças das plantações) etc.

Palavras relacionadas a este artigo:
  • O que
  • o que e ar rarefeito
  • ar comprimido e ar rarefeito
  • o que é ar rarefeito e ar comprimido