Futebol Americano   História, Regras e Curiosidades do Esporte

futebol americano

história do futebol americano, regras e curiosidades do futebol americano

O futebol americano, conhecido nos EUA simplesmente por ‘football’, surgiu como uma variante do rugby (que é um esporte bem mais antigo).

Seus atletas caracterizam-se pela velocidade, agilidade, força bruta e tamanho (alguns pesam 150 quilos ou mais). Atributos que utilizam para empurrar, bloquear e perseguir os oponentes.

A questão do nome desse esporte:

O futebol americano nos Estados Unidos é chamado simplesmente de football ao contrário da maioria dos países do mundo que associam a palavra ao futebol (que eles chamam de soccer).

O rugby surgiu na Inglaterra como uma variação do futebol, por isso era formalmente chamado de rugby-football para se diferenciar do futebol. Apesar disso informalmente os dois esportes eram chamados simplesmente de football, com isso a nomenclatura informal do nome foi carregado junto com o esporte que surgiu com as influências do rugby, sendo que hoje em dia os dois esportes mantém características facilmente reconhecíveis.

História:

O futebol americano surgiu de uma série de três jogos entre a Harvard e a Yale, em 1867. Como era frequente acontecer nesses tempos de quase inexistência de regras universais, as equipas jogaram com alternância de regras de modo a que ambas tivessem uma hipótese justa de vencer.

Em 1876, Yale, Harvard, Princeton e Columbia formaram a Associação de Futebol Inter-universitária, que usava as regras de rugby à exceção de uma ligeira diferença na atribuição de pontos.

Em 1892, foi introduzido o sistema de downs para contrariar a estratégia de Princeton e de Yale de controlar a bola sem tentar concretizar.

Na década de 1890, formações ofensivas entrecruzadas como a cunha voadora tornaram o jogo extremamente perigoso. Apesar de terem sido implantadas restrições à cunha voadora e outras precauções, em 1905 dezoito jogadores foram mortos em jogos.

O presidente Theodore Roosevelt informou às universidades de que o jogo teria de ser tornado mais seguro. No entanto, foi só em 1910, depois de mais mortes, que as formações entrecruzadas foram banidas.

O passe de costas foi colocado em 1906. Em 1912 o campo foi colocado nas suas dimensões anteriories, o valor de um touchdown foi aumentado até aos 6 pontos, e acrescentou-se um quarto down.

Futebol americano no Brasil:

O esporte começou a ganhar alguma popularidade no Brasil no final dos anos 90, graças às transmissões feitas pela Band do Campeonato de Futebol Americano dos EUA entre 1994 a 1998. Atualmente os canais ESPN e BANDSPORTS transmitem os jogos da temporada NFL de domingo e segunda-feira.

Com isso o esporte começou novamente a firmar a sua popularidade no Brasil, tendo a criação de diversas entidades que buscam a formação de atletas, organização de campeonatos e início de profissionalização do esporte no país.

Na maior parte do Brasil o este esporte é praticado de forma amadora e sem o uso das proteções obrigatórias para a prática do esporte, com exceção das equipes do Estado do Paraná e Amazonas.

O jogo:

O jogo consiste de uma série de jogadas de curta duração. São permitidas substituições entre as jogadas, o que abre as portas a bastante especialização, uma vez que os treinadores põem em campo os jogadores que pensam servir melhor para a situação específica seguinte. O jogo é muito tático e estratégico. Com 22 jogadores dentro de campo ao mesmo tempo (11 por equipe), cada um com uma tarefa atribuída para a jogada seguinte, as estratégias são complexas.

A partida tem a duração de 60 minutos, e dividida em duas metades separadas por um intervalo. Cada metade consiste de dois quartos com a duração de 15 minutos. As equipes mudam de campo no fim do primeiro e do terceiro quartos. As prorrogações obedecem ao método de morte súbita, o que significa que a equipe que pontuar primeiro, seja de que forma for, ganha.

Um chute inicial (kickoff) é uma jogada especial usada para iniciar cada meio jogo, e também para reiniciar o jogo depois de cada field goal ou de um touchdown. O chutador da equipe chuta a bola, geralmente desde a sua linha de 30 jardas, embora um chute inicial possa ocorrer de outras zonas do campo devido a uma penalidade na jogada anterior.

A bola deve ser chutada a partir do chão, e deve viajar pelo menos 10 jardas. A partir do momento em que a bola tenha viajado 10 jardas para o campo adversário ou tenha sido tocada pelo time que retornará o kickoff, pode ser recolhida por qualquer uma das equipes. Em geral, a bola é simplesmente chutada com força para o campo adversário, mas por vezes uma equipe tenta recuperar o seu próprio pontapé, numa jogada que é conhecida como onside kick.

Objetivo:

O objetivo do jogo é somar mais pontos. A principal jogada é entrar na área ao fundo do campo adversário com a posse da bola (touchdown), ganhando 6 pontos e direito a um chute livre (mais 1 ponto extra), ou mesmo 2 pontos extras, se os jogadores tentarem um passe ou uma corrida ou invés do chute.

Sistema de pontruação:

* Touchdown (6 pontos): é conquistado quando um jogador tem a posse legal da bola dentro da zona de finalização (endzone) do adversário. Conquistar um touchdown é o principal objetivo da equipe que ataca. Um ou dois pontos extras podem ser obtidos depois de um touchdown. Fica a decisão da equipe que ataca marcar um ponto extra ou uma conversão de 2 pontos.

* Um gol de campo (Field Goal), que vale 3 pontos, é conquistado colocando a bola no chão e a acertando entre as traves verticais amarelas. É comumente utilizado em situações de quarto down ou no final de uma partida para conseguir a vitória.

* Uma segurança (Safety), com o valor de 2 pontos, é obtida quando um jogador é derrubado ou sai pelo fundo da sua própria endzone.

O campo de batalha:

O campo de jogo é um retângulo com 120 jardas (109,73 m) de comprimento e 53 ⅓ jardas (48,76 m) de largura, delimitado por linhas laterais ao longo do comprimento, e linhas finais ao longo da largura.

Existe uma linha de gol a 10 jardas de cada uma das linhas finais e paralela a ambas. As duas linhas de gol estão, portanto separadas por 100 jardas.

Dentro do campo há marcadores adicionais: os marcadores de jarda e as linhas de restrição (inbound lines ou hash marks), a cada jarda ao longo de todo o comprimento do campo. A cada 5 jardas, os marcadores de jarda estendem-se a toda a largura do campo, e a cada 10 jardas são marcados por números que indicam a distância, em jardas, até à linha de gol mais próxima.

Ao centro de cada linha final situa-se um conjunto de traves, que têm dois postes longos que se estendem por cima de uma barra horizontal em forma de Y. A distância entre os postes é de 18 ½ pés (5,64 m), e o topo da barra está a 10 pés (3,05 m) de altura.

Jogadores de ataque:

* Center (C): responsável pelo snap e por bloquear os defensores.

* Offensive Guards (OG): jogam juntos do center, e têm a missão de bloquear os defensores, para proteger o quarterback.

* Offensive Tackles (OT): ficam na linha de ataque, mas são os que jogam nas pontas da mesma. Sua função é proteger o quarterback.

* Tight-End (TE): jogador que bloqueia e também recebe passes, joga fora da linha ofensiva.

* Wide-Receivers (WR): jogam abertos e se movimentam muito para receber um passe do quarterback.

* Quarterback (QB): o cérebro do time, responsável pela organização das jogadas ofensivas, é ele quem faz os passes.

* Running Backs (HB,FB): os running backs na maioria das vezes se posicionam atrás do quarterback ou, um pouco ao lado, no início de cada jogada. Existem dois tipos principais de corredores, o halfback e o fullback.

Jogadores de defesa:

* Defensive Tackles (DT): jogam no meio da linha de defesa.

* Defensive Ends (DE): jogam nas pontas da linha de defesa.

* Linebackers (LB): jogam logo atrás da linha de defesa, avançam para fazer tackles e as vezes fazem cobertura em passes curtos.

* Cornerbacks (CB): marcam os wide-receivers.

* Safeties (SS ou FS): responsáveis pela cobertura.

Jogadores especializados:

* Kicker (K): chuta os field goals e kick offs.

* Punter (P): faz os punts.

* Holder (H): segura a bola para um chute do kicker.

* Receptors ou Returner: devem agarrar uma bola chutada e correr o máximo que der para a frente.

Faltas do ataque:

* Saída falsa (5 jardas) – quando um lineman se move antes do snap de uma maneira que simula o início da jogada.

* Movimento ilegal (5 jardas) – quando mais do que um back está em movimento no momento do snap.

* Deslocamento ilegal (5 jardas) – quando a linha não está parada antes do snap.

* Formação ilegal (5 jardas) – quando há menos de 7 jogadores na linha de scrimmage.

* Atraso no jogo (5 jardas) – quando se deixa passar o máximo do tempo entre cada jogada (que são 40 segundos a partir do término da jogada anterior) antes do snap.

* Recebedor não elegível avançado (5 jardas) – quando um lineman está à frente da zona neutra antes de um passe em frente.

* Passe em frente ilegal (5 jardas e perda de down) – quando o passe é feito para lá da zona neutra, ou ao segundo passe em frente na mesma jogada.

* Segurada (holding) (10 jardas) – quando há um uso ilegal das mãos ou braços no bloqueio.

* Interferência no passe ofensivo (10 jardas) – quando um jogador interfere com um defensor que tenta receber um passe.

* Grounding intencional (10 jardas e perda de down) – quando o quarterback atira intencionalmente a bola ao chão ou para qualquer lugar para evitar sofrer um sack.

* Clipping (15 jardas) – quando há um bloqueio ilegal, por detrás, abaixo da cintura.

* Bloqueio ilegal (15 jardas) – geralmente um bloqueio desleal.

Faltas da defesa:

* Impedimento (5 jardas) – quando é feito contato com um lineman ofensivo antes do snap, ou quando um defesa se encontra na zona neutra aquando do snap. O ataque pode decidir declinar a penalidade e ficar com as jardas ganhas na jogada.

* Corrida para o chutador (5 jardas) – quando um defesa corre para o chutador.

* Interferência no passe – após 5 jardas a frente do começo da jogada, não é permitido contato entre os recebedores e seus marcadores.

* Formação de pilha (15 jardas).

* Agressão ao kicker (15 jardas) – quando o kicker é empurrado depois de ter chutado a bola.

* Agressão ao quarterback (15 jardas) – quando o quarterback é empurrado depois de fazer um passe.

Palavras relacionadas a este artigo:
  • futebol americano historia
  • historia do futebol americano
  • como surgiu o futebol americano
  • curiosidades do futebol americano
  • historia e regras do futebol americano