Miopia

A miopia é causada por uma falta de simetria do globo ocular, ele é mais alongado e, conseqüentemente, a imagem se forma antes de retina.

Num míope, o cristalino não consegue focalizar objetos localizados a grandes distâncias. Para suprir essa deficiências, usa-se lentes divergentes, já que o olho apresenta excesso de convergência.

Hipermetropia

A hipermetropia também ocorre por falta de simetria do globo ocular, ele é mais curto e, conseqüentemente, a imagem se forma depois da retina.

Em quem sofre de hipermetropia, o cristalino não consegue focalizar objetos localizados em pequenas distâncias. Para suprir essa deficiência, usa-se lentes convergentes, já que o olho apresenta excesso de divergência.

Astigmatismo

O astigmatismo resulta da deformação da córnea ou da alteração da curvatura da lente ocular, o que provoca uma visão distorcida, “borrada”.

Presbiopia

A presbiopia deve-se à perda da elasticidade dos tecidos oculares, proporcionando dificuldades para enxergar de perto. Também, é considerado um tipo especial de hipermetropia e de “vista cansada”.

Estrabismo

O estrabismo, chamado popularmente de ‘vesguice’, é uma alteração da musculatura do olho que afeta a visão binocular normal e a noção de tridimensionalidade . Pode ser corrigido/amenizado com o uso de óculos ou através de cirurgia (quando possível).

Palavras relacionadas a este artigo:
  • quais sao os disturbios da visao