Os principais métodos anticoncepcionais são realizados através de contraceptivos injetáveis, diafragmas, DIUs, espermicidas, esponjas, esterilização feminina, método do coito interrompido (coitus interruptus), método do muco, método do ritmo, métodos pós-relação, pílulas anticoncepcionais, vasectomia masculina e preservativos. Os anticoncepcionais injetáveis são baseados em hormônios.

* O DIU é inserido no útero , tratando-se de um dispositivo permanente.

* Os espermicidas são produtos químicos injetados na vagina antes das relações sexuais. A esponja espermicida é inserida na vagina após a relação sexual. A esterilização feminina envolve intervenção cirúrgica, com a amarração das trompas de Falópio.

* O método do coito interrompido é o mais antigo, não se tratando de um método que sempre garante a anticoncepção.

* O método do muco utiliza o conhecimento das mudanças do muco cervical durante o ciclo menstrual.

* O método do ritmo evita relações sexuais no dias férteis.

* Os métodos pós-relação, tais como a inserção do DIU quatro dias após a relação sexual não são recomendáveis. A pílula do dia seguinte liquida com o óvulo fertilizado. De modo geral, devido à sua composição hormonal, as pílulas anticoncepcionais podem provocar muitos efeitos colaterais.

* A vasectomia é o método em que há intervenção cirúrgica no homem, para fins de obstrução do canal de transporte dos espermatozóides ao sêmen: portanto, tal método impede que o sêmen contenha espermatozóides, não havendo assim a possibilidade de concepção.

* Os preservativos são proteções masculinas feitas de látex, sendo também utilizados na prevenção de doenças adquiridas por contato sexual.

Palavras relacionadas a este artigo:
  • principais metodos para evitar a gravidez
  • quais os metodos de previnir uma gravides
  • QUAIS OS METODO PARA EVITAR GRAVIDEZ
  • quais sao os metodos para envitar uma gravidez
  • qual e o melhor pilula para envitar gravidez