Raças de Cães: Pinscher (comportamento, dicas, origem, cores, historia, cuidados, cachorros, guia)

pinscher

dicas, cuidados e comportamento dos cães da raça pinscher

Os cães da raça pinscher miniatura possuem pequeno porte, corpo esbelto e pelagem curta. São populares no Brasil, apesar de que quase todos os exemplares são mestiços.

Características físicas:

Sua pelagem pode ter diversas tonalidades de marrom, ou pretos com marcas marrons no rosto, focinho, acima dos olhos, no queixo e pescoço, nos dois lados do peito, metatarso, pernas dianteiras, patas, face interna das pernas traseiras e na região anal.

São cachorros semelhantes ao dobermann, tendo origem em comum, mas não são uma miniatura dessa raça, como muitos pensam.

O pinscher tem um padrão de tamanho definido oficialmente : de 25 a 30 cm de altura, da cernelha ao chão. Quando ele ultrapassa 30 cm de altura, ou quando não atinge 25 cm, está fora dos padrões, o que pode desclassificá-lo para competições.

A cabeça do pinscher é alongada, e as orelhas são proporcionalmente grandes.

Curiosidade: apesar do tamanho reduzido o pinscher miniatura é classificado pela Federação Cinológica Internacional como um cão de guarda.

Cuidados e longevidade:

Alguns criadores optam cortam parte das orelhas e o rabo desses cães ainda filhotes, prática cada vez mais condenada em todo o mundo, exceto nos Estados Unidos (tinha que ser esses malditos, como sempre!). A cirurgia estética em cães já é proibida em alguns países.

Vivem por longos anos se criados em um ambiente adequado (o que inclui alimentação e cuidados veterinários), é comum que ultrapassem os 15 anos de vida.

As crias geralmente variam de 3 a 6 filhotes.

Comportamento e saúde:

Os pinschers, por serem pequenos, são uma opção para moradores de apartamentos. São inteligentes e leais, embora tenham o instinto de cão de guarda e apresentem a tendência de latir para estranhos.

Esses cães precisam ser acostumados com outros cachorros para evitar brigas, pois mesmos pequenos e de pouca força, podem atacar animais muito maiores.

Têm tendência a obesidade, e por isso necessita de alimentação balanceada e controlada. Outra fragilidade é a propensão a acidentes pela ousadia combinada ao tamanho reduzido (cuidado com quedas), fraturas em raças pequenas são mais complicadas de tratar.

Palavras relacionadas a este artigo:
  • raça de cachorro pincher
  • raça de cachorro pequeno
  • cachorros pequenos
  • cachorro da raça pinscher
  • raça pinscher